22.12.07

Ao som do ragtime


Apenas a música deveria falar...e dominar!
Quando cruzou a porta da sala onde seria submetida ao teste, a jovem Toby Wells disse adeus à infância e à certeza de que só deixaria a casa paterna para assumir um casamento. Suas composições a levariam aos palcos de Nova York, seria uma estrela do ragtime!
Dominando o nervosismo, sentou-se ao piano para executar suas composições, alheia à perturbação que provocava em Michael Sedaine. O famoso empresário lutava para analisar o trabalho com olhos imparciais, para avaliar a artista, não a mulher bonita e audaciosa que havia abalado fortemente seus sentidos. Porque Toby desejava iniciar uma carreira artistica sem permitir que nada, além da arte, a prendesse. Apenas a música deveria expressar seus sentimentos e garantir sua passagem para outro tipo de vida, independente, sem os laços tiranos do amor.

"Confesso que várias vezes passei por este romance no sebo e não me interessei por ele, porém um dia era o único que tinha dos Clássicos à venda, acabei comprando e não me arrependi, é fabuloso e até fui pesquisar para saber como era o ritmo ragtime, são músicas lindas, um som muito gostoso de ouvir."

3 comentários:

Teca Comu Clássicos Históricos disse...

Bonita capa, mas acho q as roupas não condizem muito com a época.....ragtime, não era aquela epoca de melindrosas? Não sei....mas enfim....depois de uma s q vi por ai...essa acho q até condiz um pouco....
eu vi um título q se passava na europa contemporânea, com a capa de roupa medieval...pode???
E tb vi livro q se passa nos estados unidos na epoca da colonização e tb a capa é com roupa medieval...acho q a editora devia ter o cuidado de publicar capas com modelos q condizessem com a descrição do livro e tb vestimentas com a epoca...Vc não acha? beijos....
luz e paz sempre...namaste
Teca

marina disse...

Jade,

Estou com esse livro em casa já faz um ano, comprei por comprar, mas fui deixando pra ler depois e até agora nada, me animei com o seu comentário e vou começar a ler essa semana, depois posto o que achei.

jade disse...

Olá meninas, gostei dos posts